Aonde eu estava mesmo?

Vivi Lima, Fau Ferreira & CA Ribeiro
Segunda-feira - De 15 em 15 dias

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Todos queremos funcionar bem

Todos queremos funcionar bem. Mas de formas diferentes.

Todos – ou quase todos – os seres humanos vivem numa equação complicada que contém duas variáveis: a razão e a emoção. Cada um “regula” essas duas incógnitas de acordo como prefere, levando em consideração seus valores, aprendizados experiências e etc.

Quando prevalece a razão na equação, a vida, por vezes, se torna mais prática. Facilita a escolha de opções, a tomada de decisão, as ofertas de oportunidades (emprego, estudo, entre outros). O raciocínio ,aqui, é tudo. Para esses, existe a vantagem de que o mundo atual é feito para eles. Não só elementos diretos, como eu já citei, como indiretamente, nas propagandas, nas vendas, no estilo de vida como um todo.

Já quando a emoção se destaca no indivíduo, tudo ao redor se torna mais interessante. Tudo não passa de interpretação. A percepção de sensações, a capacidade de olhar o mesmo objeto por vários ângulos, o poder de entender e de interagir com o próximo aumentam consideravelmente. Aqui, a chamada intuição (que não é só das mulheres) é o gerador de energia.

Mas, como eu disse no começo do texto, essas duas variáveis estão na mesma equação, e exatamente por isso, deve haver um equilíbrio entre elas. E esse equilíbrio é tão subjetivo que encontrar dois humanos de resultado igual, é praticamente impossível. A infinidade de respostas é tão grande, que fazem com que cada ser humano seja único.

Para acabar, temos que sempre nos lembrar uma coisa. Os resultados são sempre diferentes. Mas o objetivo é sempre igual: todos queremos funcionar bem.

3 comentários:

Marcella disse...

menino!!! a verdade eh que ainda preciso encontrar o ekilibrio..mas num sei pq me acho mais emoção nessa historia...enfim...me sinto bem assim!!!

bju menino!

Thiago César disse...

homeostase!

Thiago César disse...

auto-regulamento do corpo pra ficar em equilíbrio.